segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Força amiga!!!



Havia no alto de uma montanha três árvores. Elas sonhavam com o que iriam ser depois de grandes. A primeira, olhando as estrelas disse: eu quero ser o baú mais precioso do mundo e viver cheia de tesouros. A segunda, olhando um riacho suspirou: eu quero ser um navio bem grande para transportar reis e rainhas. A terceira olhou para o vale e disse: quero crescer e ficar aqui no alto da montanha; quero crescer tanto que as pessoas ao olharem para mim, levantem os olhos e pensem em Deus. Muitos anos se passaram, as árvores cresceram. Surgiram três lenhadores que, sem saber do sonho das árvores, cortaram as três. A primeira árvore acabou se transformando num cocho de animais, coberto de feno. A segunda virou um barco de pesca transportando pessoas e peixes todos os dias. A terceira foi cortada em vigas e deixada num depósito. Desiludidas as três árvores lamentaram os seus destinos. Mas, numa certa noite, com o céu cheio de estrelas, uma jovem mulher colocou o seu bebê recém-nascido naquele cocho. De repente, a árvore percebeu que continha o maior tesouro do mundo. A segunda, certo dia, transportou um homem que acabou por dormir no barco. E, quando uma tempestade quase afundou o barco, o homem levantou-se e disse PAZ!! E, imediatamente, as águas se acalmaram. E a árvore transformada em barco entendeu que transportava o rei dos céus e da terra. Tempos mais tarde, numa Sexta-feira, a árvore espantou-se quando as vigas foram unidas em forma de cruz e um homem foi pregado nela. A árvore sentiu-se horrível vendo o sofrimento daquele homem. Mas logo entendeu que aquele homem salvou a humanidade e as pessoas logo se lembrariam de Deus ao olharem para a cruz. O exemplo das árvores é um sinal de que é preciso sonhar e ter fé. SEMPRE !!! Não importa o tamanho dos sonhos que você tenha, sonhe muito e sempre. Mesmo que seus sonhos não se realizem exatamente como você desejou, saiba que eles se concretizarão da maneira que Deus entendeu ser a melhor para você.







Quer situação mais difícil ver nossa irmã do coração, nossa amiga de todas as horas, aquela que caminhou com você em busca do mais belo sonho, aquela que dá a gargalhada de sua idiotices, que vê o mundo como vc.....Não estar bem. 
É parar por um segundo e segurar as lágrimas...pois minha dor não é a maior que a dela. Talvez eu seja até uma fraca por não ter dado a força que ela precisava, não por falta de amizade ou carinho por ela...mas simplesmente não saber lidar com a situação.
Mas sabe aquelas orações diárias e conversas que temos com nossos anjos....ahhhhh sempre foi pedido o melhor para ela. 

Sempre acreditei na sua força, na sua coragem e no brilho dos seus olhos...portanto, força ai guria. Doença??? Para os fracos, você é guerreira menina... 

Temos muitas risadas para compartilhar, muitas lágrimas, muitas conversas e sonhos para serem divididos!!!!!! Então saia logo desse hospital, curadíssima e pronta para fazer aquela mega festa por ter superado mais esta batalha! 


sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Churrasqueira

E aqui em casa, o povo tem um grande defeito...acham que tudo pintado de branco é "limpinho"....então me diz como uma churrasqueira branca pode ser limpinha??? Não dá....
Resolvi colocar cor nela e animar um pouco o quintal...
Minha mãe falou que queria que pintasse de laranja, ai mostrei a cor para ela, aprovou e comecei a pintar... Depois todos odiaram pq falaram que ficou rosa....
Massssssss eu amei...tá bem alegre, pena que a finalidade dela não me agrada, fazer o que!





Pois é, quando a churrasqueira não tá sendo usada, vira lugar para plantas, já que em todos os cantos tem um vaso rss



E o desenho, (não sou a melhor), mas até que ficou bonitinho vai...

Artesanato

Montei uma página de artesanato para minha mãe no Facebook https://www.facebook.com/artedatatinhasp e claro que coisas lindas, não faltam por lá....




















E muitas encomendas chegando.... \o/

Fds em Itu

Minha tia se mudou para Itu e no final de semana que tive livre do serviço, aproveitamos para visita-la. E claro que as negas foram junto para aproveitar o super quintal.... Super comportadas, adoro quando elas fingem se comportar para passear mais e mais rsssssss. 








É faz tempo que fomos e não tinha colocado aqui....estava tendo jogo do Brasil no dia e o povo tudo animado (eu? Ahhh nem um pouco!)






E a noite resolvemos fazer uma festa junina...


Ninguém com roupa caipira, mas tinha pintinhas no rosto de todos rssssss





E a inveja toma conta....rsss Com 2 pés de jabuticaba em casa e nenhum nasce... Esse dai é de uma floricultura que tem lá pertinho da casa da minha tia...não é tudo de bom?




Os caipiras não poderiam deixar de se divertir nos aparelhos no meio da pracinha rsss






Ter todos reunidos...ahhhhh bom demais!! Almoço teve lasanha...




Logo logo estaremos de volta para aproveitar todos juntos novamente!

domingo, 10 de agosto de 2014

Dia dos Pais 2014



Lindo texto transcrito do Estadão web!!!
Amor Maduro!
Pai, eu não te amo como antigamente.
por Ruth Manus
As grandes transformações de um dos maiores amores da vida.
Pai,
Há muitos anos que não caibo mais no seu colo. Hoje meu peso já é demais para você me carregar nos seus ombros. E meus anos já não permitem certos mimos de antigamente.
Mas me flagro, às vezes, desejando que você ainda pudesse administrar minha vida, escolhendo os caminhos mais seguros para eu caminhar. Caminhada essa, livre de todo medo, por saber que você me observava a cada passo, tentando impedir meus tombos e tropeços.
Os anos passaram. E a vida não perdoa atrasos.
A cada dia, por mais que nenhum de nós tivesse pedido, menos controle você passou a ter sobre a minha vida. Não pôde escolher meus empregos como escolhia minhas escolas. Não pôde vetar aquela última dose de vodka como vetava o chocolate antes do almoço. Não pôde me ajudar com aquela baliza na vaga pequena como me ajudava com os pedais da bicicleta. Não pôde evitar a queda do meu celular na privada como evitou vasos quebrados por causa da bola dentro de casa.
E tudo aquilo que você fazia, e que um dia me pareceu infernal: horários estipulados para voltar para casa na noite de sábado, olhares tortos para amigos que não te pareciam boa coisa, reclamações por tempo demais no telefone, controle do dinheiro que eu tentava gastar, hoje faria todo sentido. Seria tão bom se hoje em dia você pudesse me garantir mais horas de sono, amigos mais confiáveis, uma conta de celular mais barata ou uma fatura de cartão de crédito um pouco menos imbecil…
Mas agora é comigo, pai.
E seria bom voltar ao tempo em que você me parecia imortal. Tempo em que era você quem se preocupava com a minha saúde e não eu com a sua. Tempo em que você tentava evitar meu resfriado ou ficava preocupado com meus 39 graus de febre. Mas hoje sou eu que cobro seus exames de sangue, seus exercícios físicos e tento te fazer ver que amendoim, álcool e carne vermelha não garantem uma velhice boa a ninguém.
Pois é, pai. No fundo, todo mundo já sabia que ia ser assim. Mas às vezes essa síndrome de Peter Pan nos invade e a vontade de ficar debaixo de suas asas é quase irresistível.
Mas a vida chama.
Então me levanto, lavo o rosto, vou trabalhar. Porque você me levou no colo, me carregou nos ombros, mas também me ensinou a caminhar com minhas próprias pernas. E se hoje estou na estrada, trilhando caminhos bonitos, você bem sabe que isso é obra sua.
E sabe, pai? Nesse domingo posso te dar um presente. Provavelmente não será grande coisa. Não é aquele super carro com o qual você ainda sonha, mas é fruto do meu trabalho. Fruto do que só existe por sua causa. Pela educação que você me deu, pelas notas das quais você reclamou na escola, pelas festas que você vetou em vésperas de prova.
E eu vou te olhar durante o almoço. Não com o encantamento que tinha aos 6 anos… Porque aos 6 anos era aquele amor cego das crianças. Já hoje, tenho esse olhar cirúrgico, avalio suas atitudes, aponto seus erros, reclamo dos seus defeitos. A verdade, pai, é que eu não te amo como antigamente. A verdade é que te amo ainda mais.
Te amo mais porque te vejo de verdade, com tudo de bom e de ruim, consciente de que você é um ser falho, como todos os outros, mas que, mesmo assim, consegue se manter como meu porto seguro, meu norte, aquele que me construiu, me guiou e ainda me guia, me acode nas quedas que não pode evitar, me ama com todos meus defeitos e é quem dá vida à ideia de “amor incondicional”.
É, pai, hoje você já não é tudo aquilo que foi para mim um dia.
Porque agora você é tudo aquilo que é para mim hoje. E hoje é amor dobrado, é amor firme e deliberado, desse filho, adulto e crítico, com um sentimento cada vez mais consolidado.
(e que esse não seja um texto (nem um domingo) de dor para os que não têm mais seus pais por perto, mas que seja a confirmação de que a emoção que se sente é a certeza do amor por eles plantado, que se colhe pela vida toda).












quinta-feira, 3 de julho de 2014

Torta mousse de chocolate - fácil fácil

Sabe aquela vontade de comer algo doce e seu corpo recheado de preguiça??? 
Só separar uns ingredientes e rapidinho vai passar essa vontade!
Adoooooro essa torta (na verdade, vi em um site que não lembro o nome sobre o mousse e inventei a massa, bommm demais!)


Vamos aos "muitos" ingredientes

- 2 pacotinhos de bolacha maizena
- 5 colheres de sopa de margarina sem sal
- 3 ovos (só vamos usar as claras)
- 1 tablete de chocolate meio amargo (faça com o que vc quiser...mas o meio amargo fica mais gostoso!)
- 1 caixinha de creme de leite




Triture as bolachas (pode usar o mixer, mas como eu tenho preguiça de lavar todas aquelas peças, coloco no liquidificador mesmo). Vai virar uma farofa...



Acrescente a manteiga (eu derreto no microondas para ficar mais fácil de modelar na forma).



Leve ao forno por cerca de 20 minutos (acho que depende de forno para forno, mas quando vc ver que começa a ficar douradinha, tá boa!). Não precisa untar e enfarinhar a forma...só colocar a farofa direto.



Separe as claras da gema e bata até elas ficarem durinhas.



Neveeeee rsss (obs: A Neve aqui de casa é preta....minha cocker que de branco, só tem os dentes rsss)



Derreta o chocolate no microondas.... Dá uma olhada na chiquetosa xícara do Bart que eu tenho rsss



Misture o creme de leite no chocolate e depois as claras em neve...




Retire do forno a massinha... fica um cheirinho tão bom...



Só colocar o mousse em cima (nem espero esfriar)...



Só levar na geladeira por umas 3 horas e aproveitar....